shutterstock_99595172-color-screen.jpg

Meat, Poultry and Fish

Prevenção de condensação na Indústria da Carne

Umidade indesejada é um problema nas fábricas de processamento de carne, aves e peixes e a nebulização pode levar a problemas de segurança do trabalhador. As formas de umidade indesejadas em equipamentos, piso, teto e paredes podem levar a potencial contaminação dos alimentos e afetar a qualidade do produto e segurança dos trabalhadores.

A condensação ocorre em plantas de processamento de carnes, aves e peixes, quando o ar quente e úmido entra em contato com superfícies frias, tais como aqueles encontrados em recintos de corte, salas de resfriamento e de embalagem. Os funcionários da produção gastam uma quantidade significativa de tempo removendo a formação de condensação em tubos suspensos e tetos na proximidade de áreas de evisceração.

Toda a condensação tem de ser removida após o saneamento e antes do início do processamento. Muitas vezes os processadores penduram plásticos sobre resfriadores, já que diferenças de temperatura podem fazer com que o teto sue e alguém tenha que ficar passando panos para limpar a condensação, adicionando ventiladores para aumentar o fluxo de ar na área de evisceração. Isso muitas vezes leva o ar a níveis de umidade mais elevados, acrescentando umidade e criando desequilíbrios de fluxo de ar que podem aumentar a formação de condensação. A condensação pode também ser encontrada em outras áreas da fábrica, devido às mudanças nos padrões de fluxo de ar.

O maior controle pelo USDA e outros órgãos resultou em empresas buscando ativamente soluções de baixo custo para nebulização, formação de gelo, gotejamento, e outros problemas relacionados com a umidade de acordo com diretrizes de tolerância zero, assim evitando relatórios de não-conformidade.

O pessoal de produção gasta uma quantidade significativa de tempo removendo a formação de condensação em tubos suspensos e tetos nas proximidades dos resfriadores de carcaças, ave ou peixe em áreas de evisceração. Toda a condensação tem de ser removida após o saneamento e antes do início do processamento.

O teste de fluxo de ar Munters determina os padrões de fluxo de ar existentes para atingir fluxos de ar adequados para que, poucas horas depois de iniciar o sistema Munters a condensação desapareça e os processadores não precisem pendurar plásticos nem designar pessoas em cada turno para controlar a condensação ou tetos secos depois do saneamento.

shutterstock_86445538-color-screen.jpg

Usar a tecnologia Munters é a chave para eliminar a condensação. Ao controlar a condensação e umidade, Munters cria condições ideais durante o processamento de carne, peixes e aves e possui uma extensa lista de sites de referência.

Award

         

Health & Safety Award

Somos especialistas

Nós conhecemos nossos produtos. iremos
direcionar suas informações de contato para
alguem em seu país.